terça-feira, agosto 31, 2010

ACHADO EM E-MAIL - ( SEM AUTORIA) - VIII - ALERTA


ALERTA

Este alerta está colocado na porta de um espaço terapêutico. 


O resfriado escorre quando o corpo não chora.
A dor de garganta entope quando não é possível comunicar as aflições.
O estômago arde quando as raivas não conseguem sair.
O diabetes invade quando a solidão dói.
O corpo engorda quando a insatisfação aperta.
A dor de cabeça deprime quando as duvidas aumentam.
O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar.
A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.
As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas.
O peito aperta quando o orgulho escraviza
O coração enfarta quando chega a ingratidão.
A pressão sobe quando o medo aprisiona.
As neuroses paralisam quando a"criança interna" tiraniza.
A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.
Preste atenção!

O plantio é livre, a colheita, obrigatória ... Preste atenção no que você está plantando, pois será a mesma coisa que irá colher!! 

 "Não existe nenhuma dificuldade em minha vida que não
seja exclusivamente eu mesmo." C.G.Jung

"Sou um só, mas ainda assim SOU um.
Não posso fazer tudo, mas posso fazer alguma coisa.
Por não poder fazer tudo, não me recusarei a fazer o pouco que posso."

segunda-feira, agosto 30, 2010

SORRIA SEMPRE ... E MUITO


O SORRISO

"O SORRISO ENRIQUECE OS RECEBEDORES
SEM EMPOBRECER
OS DOADORES"

MARIO QUINTANA




VAMOS  SORRIR?

domingo, agosto 29, 2010

ACHADOS EM E-MAIL - VII ( Sem autoria) - DOENÇAS LIMITANTES


DOENÇAS LIMITANTES

"Eu não sabia, mas antes do câncer, eu já estava doente. Duas doenças me limitaram mais do que a quimioterapia e a cirurgia. Os nomes delas são 'Não posso' e 'Não consigo'.
Quando estava atacada do vírus 'Não posso', eu dizia e agia assim:
- Não posso tirar foto de lado porque meu nariz e queixo são pontudos;
- Não posso usar saia curta porque meus joelhos são muito grossos;
- Não posso sorrir muito em foto, porque meu bigode chinês aparece;
- Não posso andar de avião, porque tenho medo;
- Não posso ter plantas em casa, porque não sei cuidar.
E assim, eu permanecia doente de mim mesma...
Quando estava atacada do vírus 'Não consigo', eu dizia e agia assim:
- Não consigo ficar bem nas fotos porque sempre arregalo os olhos;
- Não consigo pousar para fotos porque tenho vergonha;
- Não consigo sorrir p ara valer porque meus dentes não são bonitos;
- Não consigo ler livros porque dá sono;
- Não consigo fazer caridade regularmente porque não tenho tempo;
E assim eu seguia, impondo-me limites...
Quantas vezes reclamei da oleosidade do meu cabelo, do quanto ele era fino e pesado. A escova não durava nada. Fiz até permanente para dar volume e fiquei parecendo um poodle.
Hoje, depois de encarar a doença, cheguei à conclusão de que o câncer mata muita coisa realmente; entre elas: preguiça, vergonha, solidão, hipocrisia, futilidades, medos, culpas, limitações, radicalismos, carência, dependências, auto-crítica, intolerância baixa autoestima, e muito mais.
Neste processo conheci estas frases e elas definem o que acredito hoje: "O que somos é um presente de Deus. O que nos tornamos, é o nosso presente para Ele".
Não aprendi a voar; isto é com os pássaros. Aprendi a me sentir como se estivesse voando.
Descobri que a gente pode sorrir por fora e por dentro.
Ser diferente é muito diferente de ser esquisito, feio ou anormal.
O silêncio pode ser melhor que mil palavras mal ditas.
Conhecer a mim mesma é um aprendizado constante.
Existe mais beleza nos processos e nas atitudes que nas formas.
É certo que o câncer muda a vida da gente, porém eu discordo que ele seja um presente. Ele é uma oportunidade!
Mas... até quando precisaremos dele para percebermos as belezas que existem em nós e à nossa volta?"

"Viver.... e não ter a vergonha de ser feliz! Cantar e cantar e cantar a beleza de ser um eterno aprendiz..."

sábado, agosto 28, 2010




Vou buscar meu Deus, nem que precise mergulhar em águas distantes, nem que preciso for, mover céus e terras estranhas, desbravar as matas, enfrentar perigos angustiantes, lutar sem armas, galgando as mais altas montanhas.
Vou buscar, Senhor, um porto novo e seguro, onde o barco de minha vida ancore com firmeza, onde meus pés não encontrem caminho impuro e os meus anseios se emoldurem pela natureza.
Vou buscar, Senhor, esta paz tão almejada, expandindo todo o ser que meu peito habita.
Vou em busca dos sonhos e chegar até onde meu caminhar permita.
Vencerei as angústias de perguntas sem respostas.
Inverterei o rumo que não me foi destinado.
Despojado do fardo que pesava em minhas costas, seguirei tranqüilo ao amanhã tão esperado!
Levarei Senhor, comigo somente os sonhos e a esperança do verdadeiro amor.
Deixarei para trás os restos tristonhos de um passado sem vida, sem rumo, sem cor...
( Pe. Marcelo Rossi)


Ps: Foto da cachoeira El Capitan - Fire Waterfall, Parque Yosemite, Califórnia, USA. O fogo que não é fogo, mas água, é sim um reflexo da luz solar caindo em um ângulo específico, numa determinada época do ano , ficando os fotógrafos esperando pacientemente até anos, o momento certo, na hora certa, para capturar essa imagem magnífica que só nosso DEUS, QUE TUDO SABE E É ESSÊNCIA DO AMOR ÁGAPE, FOI CAPAZ DE NOS PRESENTEAR.

O AMOR


"Sou guerreiro:
a minha espada é o AMOR,
o meu escudo, é o humor,
o meu espaço é a coerência,
o meu texto é a liberdade.
sem AMOR nada tem sentido,
sem AMOR, estamos perdidos
sem AMOR,  corremos de novo o risco
de estarmos caminhando de costas
para a luz
Por esta razão é muito importante
que apenas o AMOR
inspire as nossas ações.
A vida é um cântico à beleza, uma chamada à transparência."
(texto do escritor boliviano Luiz Espinosa)

E digo: Louvemos sem cessar ao Deus do Amor pela beleza da vida que ele nos deu e que nossas almas sejam transparentes e límpidas como Ele nos criou. Rogamos ainda continuamente que apenas o AMOR inspire todas as nossas ações. Amém !!!! 

quarta-feira, agosto 25, 2010

EU NADA SEI

EU NADA SEI

Não sei escrever tudo o que sinto,

Mas sei sentir e com um amor imenso cada pedacinho da vida.

Não sei amar de morrer porque para mim amar é viver.

Não sei sonhar todos os meus sonhos, só sei sonhar o que o meu coração pede.

Não sei dar tudo de mim, mas me esforço para dar o que posso.

Não sei quase nada da vida, mas sei que é bom existir.

Tudo o que eu sei é que a vida é linda e que enquanto houver um mínimo de Ágape para oferecer, a vida vale a pena viver.

( (Pe. Marcelo Rossi)
Ps: Foto da cachoeira El Capitan - Fire Waterfall, Parque Yosemite, Califórnia, USA. O fogo que não é fogo, mas água, é sim  um reflexo da luz solar caindo em um ângulo específico, numa determinada época do ano , ficando os fotógrafos esperando pacientemente até anos, o momento certo, na hora certa, para capturar essa imagem magnífica que só nosso DEUS, QUE TUDO SABE E É ESSÊNCIA DO AMOR ÁGAPE, FOI CAPAZ DE NOS PRESENTEAR.

segunda-feira, agosto 16, 2010

sábado, agosto 14, 2010

PARA VOCÊ, GIL

MENSAGEM Resposta para você GIL

Do nosso livro, não é meu é nosso, Ágape ( Página 20 )


O dia mais belo? Hoje
A coisa mais fácil? Equivocar-se

O obstáculo maior? O medo

O erro maior? Abandonar-se

A raiz de todos os males? O egoísmo

A distração mais bela? O trabalho

A pior derrota? O desalento

Os melhores professores? As crianças

A primeira necessidade? Comunicar-se

O que mais faz Feliz? Ser útil aos demais

O mistério maior? A morte

O pior defeito? O mau humor

A coisa mais perigosa? A mentira

O sentimento pior? O rancor

O presente mais belo? O perdão

O mais imprescindível? O lar

A estrada mais rápida? O caminho correto

A sensação mais grata? A paz interior

O resguardo mais eficaz? O sorriso

O melhor remédio? O otimismo

A maior satisfação? O dever cumprido

A força mais potente do mundo? A fé

As pessoas mais necessárias? Os pais

A coisa mais bela de todas? O amor

Pe. Marcelo Rossi

PARA VOCÊ, TAIA

QUERIDA TAIA

Estive vendo o seu blog e aquela massa estava tão linda e apetitosa que resolvi dedicar o meu almoço para você. Pena que você está tão longe e não pode vir até a minha casa. O nome do arroz está na lousa e eu o batizei com aquilo que você me deu: alegria. Eu amo fazer arroz incrementado. Este começou com uns pedaços de mandioca que estavam ocupando espaço na geladeira porque precisavam estar mergulhados em água e que eu, não sei porque razão, não colocara  tudo na sopa de mandioca que fizera na noite anterior. Resolvi hoje colocá-los no arroz. Peguei meu bacon bem carnudo, piquei e levei à panela com azeite. Acrescentei alho e cebola, cenoura, vagem, pimentão vermelho, abobrinha italiana ( tudo picadinho), lentilha, quinua, uvas passas brancas e graúdas e o arroz. Refoguei bem e coloquei caldo ( sabor nordeste, que amo pq tem coentro, cominho e louro) e o de galinha. Minha caçula, Raïssa adora. Só nunca havia posto mandioca. Enquanto tudo refogava temperei com cury, açafrão para ficar amarelinho, cominho e páprika picante. Eu adoro os sabores orientais. Ficou lindo e saborosíssimo! Pena que a foto é de celular e esqueci de polvilhá-lo com salsinha, mas a dedicação foi feita com carinho. O mesmo que vc me dá, repondendo, comentando o meu blog. Abraços, paz e bem!

quinta-feira, agosto 12, 2010

ESSE MEU DEUS !!!!!

Esse meu Deus é incansavelmente bom prá mim. Além de não me deixar faltar nada, agora coloca as queridas amizades virtuais que diariamente me enviam mensagens adoráveis de amizade no meu Orkut, no Facebook. Ah! E as blogueiras, então!!! Mulheres maravilhosas!!!!! Incrivelmente admiráveis!!!! Carregam seu mundo nas costas e ainda acham tempo de mostrar coisas espetaculares que fazem. Incrível o poderio delas. Eu as amo e muito mais, admiro-as profundamente por exporem sem medo a alma, por escancararem o coração e vejam só, ainda arrumam tempo de me envirem carinhos quando eu as sigo. Meu blog se chama "Casa da Alquimia" porque o meu assunto preferido é comida e também é óbvio, que é na cozinha que acontece a alquimia, mas acontece  que a vontade de escrever superou e de comida mesmo acho que tenho somente três postagens. Parabéns a essas blogueiras que fazem tanto bem para quem as segue.

MIMOS QUE RECEBO

"Que este DIA seja para você: Claro como

a Luz do Sol. Brilhante como as

estrelas. Livre como as borboletas. Especial

como o Amor. Sereno e tranqüilo

como quem tem fé. Alegre e sincero como

o sorriso espontâneo. Perfeito

como a Natureza. Protegido pela Luz divina,

Orientado pelos Anjos e

Abençoado por Deus!"

















domingo, agosto 08, 2010

O TEMPO... AH! O TEMPO

O TEMPO


A VIDA É O DEVER QUE NÓS TROUXEMOS PARA FAZER EM CASA.


Quando se vê, já são seis horas!

Quando se vê, já é sexta-feira...

Quando se vê, já terminou o ano...

Quando se vê, perdemos o amor da nossa vida.

Quando se vê, já passaram-se 50 anos!

Agora é tarde demais para ser reprovado.

Se me fosse dado, um dia, outra oportunidade, eu nem olharia o relógio.

Seguiria sempre em frente e iria jogando, pelo caminho, a casca dourada e inútil das horas.
Desta forma, eu digo:

Não deixe de fazer algo que gosta devido à falta de tempo,
a única falta que terá, será desse tempo que infelizmente não voltará mais.

Mário Quintana

OUVE, Ó DEUS, O MEU LOUVOR

Ouve, ó Deus, o meu louvor de alegria e júbilo. Inclina seus ouvidos e me escutai porque eu clamo todo o seu poderio e me prosto de joelhos para glorificá-lo por tão majestosa obra.
Magniníficas sim, são as suas obras debaixo do céu. Não poupaste em nada. Tudo nos foi dado com imensa fartura. Obrigada, Senhor, pois meus olhos se abrem cada dia mais para enxergar sua grandiosa obra. Olho o céu, olho a casa, olho os alimentos que tenho, olho para os filhos e neta que me destes, os amigos e meu coração se enternece. Obrigada Deus! Tudo é tão extraordinário e não me cansarei de ser-lhe imensamente grata. Sempre cantarei a sua glória! " Santo, Santo, Senhor Deus do Universo! O Céu e a Terra proclamam a vossa glória! Hosana nas alturas! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas!
"
AGIOS O THEOS, AGIOS ISCHIROS, AGIOS ATHANATOS, ELEISON IMAS"!

´COMO É LINDA A MINHA FAMÍLIA!


FAMILY

Father And   Mother I Love You


Que significado perfeito
Para esta instituição taõ
sagrada.
Abençoe, Senhor, todas as famílias!
Abençoa, Senhor a minha também!
AMÉM!

sexta-feira, agosto 06, 2010

MINHA HOMENAGEM AO PAI QUE EU NÃO CONHECI: MEU PAI GABRIEL


Segundo relatos de minha amada mãe e de tia Magnólia, irmã dele, meu pai era meio que diferente para os padrões das pessoas que moravam naquele lugarejo, na época em que ele viveu. Isto porque ele era um idealista, sonhador, muito romântico. Era músico nato. Tocava qualquer instrumento só de ouví-los. Ele formou uma banda no vilarejinho onde ele morava (e só silenciou com a sua morte) e que eu nasci. Ah! Ele adorava fazer serenatas e tocar nos bailes. Fazia também teatrinho de sombras e uma espécie de filminho num cinema improvisado por ele. Isso era incrível, pois lá só existia italianos sisudos, sérios, bigodudos e bravos. Esses italianos não gostavam da família espanhola do meu avô e proibiram minha mãe de namorá-lo. Eles venceram, mas namoraram por 7 anos e ficaram juntos, após o casamento por mais ou menos um ou dois anos. Minha mãe ficou viúva com 21 anos. Meu pai tinha fascinação por música. Daí também a minha. Chegou a compor um dobrado, sem ter tido aulas de músicas. Me lembro dos cadernos de música dele. Minha mãe os guardava com tanto apreço como se fosse ele, pois muito jovem ele morreu e eu só tinha 8 meses de vida. Seu nome era Gabriel. Ele adorava minha mãe e a Virgem Maria, tanto que meu nome é Maria Luiza porque ele quis homenagear Nossa Senhora e minha mãe. Quando minha mãe ficou grávida, ele começou a sonhar comigo, porque ele queria uma menina e sonhava comigo indo para a escola com um laçarote engomado na cabeça, uniforme de saia pregueada azul, meias e blusa branquinha. Tão zeloso, por ocasião do parto ele chamou um médico e minha nona italiana ficou irada, de mal dele porque ela era a parteira da redondeza e ninguém chamava médico.Dizia minha mãe que ele era por demais carinhoso comigo e quando ela ia me por no berço, ele corria e alisava bem a roupa da cama. Ele também me levava ao cinema. Era outra paixão dele. Lá ele ia, sentando-se na primeira fileira e eu era passada de mão em mão, pois diziam que além de ser lindinha, com uma vasta cabeleira eu era o único bebê a estar num cinema e todos queriam me por no colo, daí ser passada pelas fileiras de mão em mão. Ele era muito humilde, mas após casar ele pintou a casa de branquinho, as janelas de azul e exigiu cortinas nelas. Ele adorava o belo, como eu.Tenho ainda hoje um criado-mudo pertencente ao jogo de quarto que ele comprou. Uma época atrás, cortamos os pesinhos  dele, depoi fiz uma pátina nele para combinar com os móveis da minha filha e agora da minha neta. Tenho certeza que ele seria o pai perfeito. Que eu teria tido uma vida maravilhosa com ele. Hoje, minha mãe e meu Tony, certamente estão lá no céu,ao lado dele torcendo e orando muito por mim, para que eu não sofra tanto a falta deles.
Olha aqui o criado-mudo que ele comprou.

TEXTO QUE GANHEI DE PRESENTE DA ELAÍNE ALMEIDA

"Amanhã será um novo dia, da mais louca alegria, que possa imaginar"

(Guilherme Arantes.)


Adoro essa música e principalmente sua letra, porque fala do amanhã e certamente essa é uma palavra instigante e por que não dizer misteriosa, afinal nenhum de nós sabe do nosso amanhã, diria que é como esperar pelo amor da nossa vida, que irá chegar só amanhã. Desejar por demais concretizar nosso projeto de vida, que irá se realizar somente amanhã.
Só amanhã iremos sair de férias, só amanhã iremos conhecer o filho tão desejado, só amanhã saberemos se fomos aprovados na entrevista daquele emprego desejado, só amanhã sairá à lista de aprovados no vestibular, somente amanhã iremos saber se fomos promovidos, nosso carro novo, nossa nova casa, uma obra de arte enfim... Só amanhã.
Notaram como tudo via de regra acontece amanhã, mas o ponto é: para que tenhamos realizados os nossos sonhos, desejos, projetos e tudo de bom em nossas vidas, precisamos nos preparar hoje, precisamos preparar o campo, limpá-lo das ervas daninhas, adubá-lo com um bom fertilizante e semeá-lo com boas sementes, para termos uma boa colheita amanhã. Creia, sem esse ato nada acontece, nada se torna fértil.
Óbvio, virão às intempéries, chuva, geada, inundação, seca e teremos que estar atentos, afinal corremos o risco de invadirem nossa plantação e tudo destruírem.
"Orai e Vigiai " e sobretudo decida hoje o que quer e onde você irá querer estar no amanhã, procure ter esse foco a cada dia e acreditar sempre nesse amanhã, não importa o que esteja fazendo hoje, a idade que tenha e em que situação esteja.
Estamos acostumados a vivenciar o que nos acontece hoje e não temos em geral nenhuma preparação para o amanhã que sempre está por vir, nos tornamos angustiados e ansiosos, vivenciamos muitas vezes em nossas vidas etapas amargas que nos roubam a visão que precisamos ter do futuro, certamente esquecemos-nos de aplicar a experiência que a vida nos dá e somos pegos sempre nas mesmas armadilhas.



A vida está aí de portas abertas e janelas escancaradas, para que aprendamos com o que nos acontece e sempre espera de nós a decisão do que desejamos e de onde queremos estar amanhã; caso não decidamos, tudo à nossa volta irá se repetir e o universo irá decidir por nós, ricos ou pobres, sábios ou ignorantes... todos iremos morrer um dia, portanto, escolha o que quer nessa vida e onde irá querer estar amanhã. Geralmente nos lamentamos de que tudo em nossa vida patina e nada acontece, eu digo que é por falta de querermos realmente dar uma direção à nossa vida.
É somente a nos que competem tais decisões; nos acomodamos com nossa rotina e temos medo das mudanças, falta-nos a ousadia para querer mudar, falta-nos a coragem de remexer a fundo em nossas vidas e ver que por debaixo dos problemas poderá surgir tanta coisa nova ainda não vivida.
Pretenda um amanhã melhor e você o terá, direcione sua vida para novas experiências, queira sair do lugar comum que lhe aprisiona, tal qual uma valorosa pérola negra escondida dentro de uma ostra lá no fundo do oceano... de que adiantará ter esse valor todo que ninguém poderá apreciar.
O universo reserva um lugar que é só seu e ninguém poderá tomá-lo de Você, está lá aguardando a sua chegada; só você poderá tomar posse deste espaço, ninguém mais, portanto, não se preocupe se outros hoje estão em melhor situação, esse juízo de valor é você quem geralmente faz, erroneamente. Ninguém está melhor; você simplesmente não tomou posse do seu verdadeiro posto de comando em sua vida. assuma o que lhe pertence, esqueça o outro, o universo tem algo muito melhor para você, basta querer buscar.
De nada adianta ficar praguejando, sentindo-se injustiçado, dizendo a todo mundo que trabalha doze horas por dia, leva trabalho para casa e perceber os muitos que não fazem o mesmo e se dão muito bem na empresa; isso é perda de tempo, você está focando a sua vida baseado na vida de outra pessoa e passa a viver em função de outrem. Procure viver a sua vida, ela é só sua, ninguém poderá vivê-la por você e creia: a sua vitória será certa se você souber o que deseja e onde quer chegar. Queira ser miserável e você será, queira ser milionário e você será.
Esse lugar também é seu, entenda, na vida você escolhe o que deseja, o que quer ser e onde quer estar, no topo de uma pirâmide ou na base dela, a escolha é só sua.
Pense nisso.
por Nelson Sganzerla - nelsonsganzerla@terra.com.br

terça-feira, agosto 03, 2010

DAS COISAS QUE ME DÃO IMENSAS ALEGRIAS - II

MINHA BROMÉLIA
Não posso deixar de relatar a imensa alegria que tive ontem quando vi minha flor de maio ainda dando um botão de flor. Acredita? Estamos em agosto e aquele galhinho que não havia florido, acabou cumprindo a sua  missão. Ah! Mas  a mais e mais intensa alegria aconteceu hoje. Eu não acredito ainda que  a bromélia que ganhei há anos de Dona Cida, está com um botão! Dizem que bromélia floresce uma só vez. Pois bem, a que ganhei não deu flor; com certeza ela já havia cumprido sua missão de vida, pois após ter nascido uma outra bromelinha ao lado dela, ela morreu. Esta bromelinha cresceu, deu outra bromelinha e vejam; só agora ela deu um botão. A coitada está num vaso pequeno e para piorar ganhei outra qualidade delas e plantei-a junto. O vaso está explodindo. Que alegria! Deus me presenteia com essas pequeninas coisas, mas elas se tornam grandiosas em minha alma. Porei a foto com ela em botão e depois em flor. Aguardem só o tempo dela. O botãozinho está minúsculo, mal dá prá vê-lo. Quando ele se tornar flor, porei outra foto. Obrigada, meu Deus!