quarta-feira, janeiro 26, 2011

DIANTE DA BELEZA DA VIDA ...

Curve-se diante da beleza da vida
Respeite-a. Ame-a.
Cale a voz negativa.
Renda sua homenagem ao Criador de tudo.
Ele merece.
Um poder infinito, um amor sem fronteiras, tudo fez.
Imagine-se dentro desse contexto maravilhoso.
O deslumbrante espetáculo da vida é construído pelo mesmo Deus que habita em você.
(Do livro "Sementes de Liberdade,"45, de Lourival Lopes)
Diz-se que mesmo antes de um rio cair no oceano, ele treme de medo.
Olha para trás, para toda a jornada: os cumes, as montanhas, o longo caminho sinuoso, através das florestas, através dos povoados, e vê à sua frente um oceano tão vasto que entrar nele nada mais é do que desaparecer para sempre.



Mas não há outra maneira.
O rio não pode voltar.
Ninguém pode voltar.
Voltar é impossível na existência.
Você pode apenas ir em frente.
O rio precisa se arriscar e entrar no oceano.
E somente quando ele entra no oceano é que o medo desaparece,  porque apenas então o rio saberá que não se trata de desaparecer no oceano, mas apenas tornar-se OCEANO.
Por um lado é desaparecimento e por outro lado é renascimento.
Assim somos nós.
Voltar é impossível na existência.
Você pode ir em frente e se arriscar.
Corgem!
Torna-se Oceano!
OSHO

12 comentários:

Dora Regina disse...

Maria Luiza, diante da beleza da vida é preciso ter coragem para seguirmos em frente e enfrentar os obstáculos...
Com carinho, um grande abraço!

Almas Castelos disse...

Que fotos maravilhosas. As vezes fico pensando onde é que as pessoas conseguem fotos tão bonitas assim. O texto é muito bonito tambem. A história de um rio é a nossa história. Quando nasce é pequenino como uma criança, vem saltitando pela natureza... depois a luta pela vida... e afinal um oceano. Muito bonito. Essa eu gostei muito.
Desculpe-me pela ausencia, mas eu estava um pouco adoentado, mas logo me recupero. Peço orações.

Lucinha Cullen's Garden and Cia disse...

Maria Luiza,

Admiro você demais.
Diante de obra e falta de tempo, você ainda encontra inspiração para tão linda postagem.
Concordo com o Jorge, tem imagens que parecem irreais, mas são obras do criador.

Você não precisa pedir autorização pra pegar as fotos. A casa é sua também, estamos juntos nessa, amiga.

Tenho muito para postar, mas como meu irmão deixou muitas fotos e filmes no meu computador, ficou lento demais. Mas já estou solucionando e passando para o disco externo.

Não se preocupe, sei que você está sem tempo, sempre que puder comente, se não puder, eu vou entender.

Fica na paz minha amiga, e desejo que sua obra termine logo.

Beijos

Felipa disse...

Eu sempre digo e nunca canso de o dizer: você é uma pessoa excepcional! As suas postagens são tão cheias de significado, nas palavras e nas imagens, que nunca podemos deixar de nos sentirmos tocados por elas.
Obrigada por ser assim, eu agradeço a Deus por tê-la conhecido
Beijinhos

calma que estou com pressa disse...

oi MARIA LUIZA-
qeu texto lindo e diz tudo -
fico pensando - nos ai dado um planeta tão lindo , com toda esta natureza... e estamos esragando tudo
bj
lu

~Ana Paula~A Católica disse...

Maria Luiza,
Saudações de Belo Horizonte!!

Este texto do OSHO, que você publicou na Deliciosa "Casa da Alquimia", me fez pensar no quê??

Na canção do Diácono Nelsinho Corrêa, que Padre Léo e Monsenhor Jonas Abib cantam juntos naquele lindo DVD do fundador da CANÇÃO NOVA!!

"Não dá mais pra voltar,
O barco está em alto mar.

Não dá mais pra negar:
O mar é Deus e o barco sou eu.
O vento forte, que me leva pra frente,
É o amor de Deus!

Não dá nem mais pra ver
O porto que era seguro
Eu sou impulsionado a desbravar
Um novo mundo..."

TUDO A VER com o seu Post, não é mesmo?

Só dá para ir ADIANTE:

"O rio não pode voltar.
Ninguém pode voltar.
Voltar é impossível na existência.
Você pode apenas ir em frente".

UAU.

Outra coisa, Maria Luiza: quanto ao "espinho na carne", que você mencionou em seu comentário ao Post "E Saulo virou... Paulo", já escrevi sobre ele no Blog, neste Link:

http://www.acatolica.com/2010/08/espinho-na-carne.html

UM BEIJO e MUITÍSSIMO OBRIGADA pelas Suas Valiosas Intervenções n'A Católica.
Valiosas feito Ouro Puro e Refinado.

Você é Generosa, Amorosa e com os Olhos Treinadíssimos para enxergar e exaltar a beleza - tal como o meu avô paterno me ensinou!

Saúde e Paz a Você e a cada um dos Seus Internautas!!


~~~

Élys disse...

Linda com sempre a sua postagem.

O rio penetra no oceano, volta a sua origem para depois, através da luz e do calor, transormar-se e subir ao espaço novamente e como chuva retornar a Terra para outra vez ser rio, correndo para o mar.

orvalho do ceu disse...

Oi, minha flor
Moro perto do mar... almejo ser oceano... luto por isso... seu post me ajudou ainda mais...
Bjs de paz

Joelma Benicio*´¯`*.¸¸.*´¯ disse...

Oi linda, a paz de Cristo e Salve Maria.

Belissimo, me sentir viajando nos mares da vida, sem nenhum problemas aparente, só a leveza.

Fique com Deus e Maria.
Um cheiro carinhoso.

Virginia Jesus Fassarella disse...

Linda postagem, as fotos são realmente um milagre de Deus e o texto um alento. Beijos.

Provance Home Banho disse...

Amigaaaaaaaaaaaaaaaaaa,

Muitas saudades de vc ...mas tenho estado "mega male " da coluna , porém não posso e não quero parar , então ...vamos continuar nehhh!!
Vc é muito especial pra mim , sua amizade me alegra , seus comentários me confortam , obrigada por ser como vc é !
Bjusssssssssss

SOL da Esteva disse...

As hesitações do Rio são apenas na chegada á foz. Há outros constrangimentos que são margens e obstáculos que não fazem parte dele.
O Rio (da Vida) pretende-se livre para se vogar ao sabor da corrente.
Muito bem coordenado com as lindas imagens.
Perfeito.

SOL da Esteva
http://acordarsonhando.blogspot.com/