sexta-feira, janeiro 07, 2011

VÓ ... Ô ... VÓ

VÓ ... Ô ... VÓ ... evocações da maravilhosa infância. Só acontece quando faço bolinho de arroz. O rádio antigo, o crochê, o manjar branco que só era feito no Natal, junto com o manjar de vinho, a licoreira de vidro, a maria - sem - vergonha tão comum na época. Essa enfim, seria a feitura do blog Casa da Alquimia: receitas com pequenas histórias, aliás ele começou assim e até postei" Dos meus grandes amores - Vovó ermelinda", justamente o famoso bolinho de arroz que ela fazia. O blog foi tomando outro rumo, mas gosto dele assim também. Ontem encontrei uma receita de bolinho de arroz na caixa do amido de milho da Maisena. Sabia que essa caixa exercia em mim um fascínio? Eu amava o mingau e lá em casa só era feito para os bebês que nasciam. Para nós só nos restava lamber a panelinha. Veja só! Bem, pela foto eles ficaram bonitinhos e gostosinhos. Facílimos também. Anote aí:
Ingredientes:
2 xícaras (chá) de arroz cozido
Meia xícara (chá) de queijo ralado
Meia xícara (chá) de leite
2 ovos
2 colheres de cheiro verde picadinho
Meia xícara (chá) farinha de trigo
Meia xícara (chá) de amido de milho Maisena
1 colher de (sopa) de fermento em pó

Modo de Preparar
1- unte e enfarinhe uma assadeira grande (40x28 cm). Reserve.
2 Preaqueça o forno em temperatura média (180°C)
3- Em uma tigela, coloque o arroz cozido, o queijo, o leite, os ovos, o cheiro-verde, o amido de milho Maisena e a farinha e misture até ficar homogêneo. Acrescente o fermento, misture e deixe descansar po 10 minutos.
4- Com o auxílio de duas colheres (sopa) modele os bolinhos  e coloque-os na assadeira reservada. Leve ao forno preaquecido por 20 minutos ou até dourar levemente.
5- Retire do forno e sirva.
BOA DICA
Como boa cozinheira, aproveitei o recheio de pastel  que sobrou ( carne moída com azeitonas) e as ervilhas com molho de tomate, já sequinho, dos ovos pochês que eu fizera e sobrara. Misturei tudo e fcaram ótimos.
Faça, muito bons, como tudo da Maisena!

9 comentários:

Raïssa Rezende disse...

Que bolinho é esse aí que eu nem vi a cor?!?!! Como assim!?!?!

~Ana Paula~A Católica disse...

Maria Luiza,
Saudações de Belo Horizonte!!

Estava pensando nisto noutro dia: restou-me apenas uma Vovó, que está doentinha. Era tão bom ser cheia de avós... Acho a melhor coisa deste mundo: avós que nos amam.

Porque, não basta "ter uma avó" ou "ter um avô": eles têm que nos amar. Puxar conversa, fazer festa quando chegamos, lembrar do dia do nosso aniversário. Isso é ser avô e avó de verdade.

Que sorte tem a sua neta: tô com inveja dela...

1) Sabia que escrevi um Post em homenagem a minha AVÓ MATERNA?? Tem o retrato dela e tudo. Está neste Link a seguir. Dê uma olhadinha quando puder:

http://www.acatolica.com/2010/07/reminiscencias-da-fausta.html

2) Também já escrevi um Post em homenagem ao Melhor Amigo que tive, MEU AVÔ PATERNO. Também tem foto dele! Está neste Link:

http://www.acatolica.com/2010/07/cartinha-ao-vovo-raul.html

Um Beijo e Fique na Graça de Deus!!
Você, sua família e os internautas da Casa da Alquimia!!

Saúde e Paz!!


~~~

Rosana Sperotto disse...

Delícia com sabor de carinho... Bolinhos, de arroz ou de chuva, sempre me remetem a aconchego, proteção, a um tempo que se tinha tanto tempo... Um fim de semana recheado de coisas gostosas, querida! Beijo!

Felipa disse...

Às vezes vêm destas lembranças à memória...
Eu ainda tenho avó, mas não tenho mãe; minha mãe fazia um arroz de frango com ervilhas ótimo...
Beijinhos

Jud disse...

Olá,
Adoro arroz de todas as formas, mas este bolinho, vou ter que experimentar a receita!
É vó é tudo de bom!
Estou seguindo,
bjsss,
jud-artes

Regina F.Murbach disse...

Maria Luiza, vc me disse que seu blog alquima seria para contar historias de receitas deixas por nossas avós e mães ou receitas muito antigas.Continue que isso nos dá o conhecimento da hitória culinária. Lembrar dos nossos parentes tão proximos é muito bom, a saudade diminue.Obrigada pela suas palavras no meu blog. Bjs.

calma que estou com pressa disse...

oi Maria Luiza- que delicia de cantinho -
o rádio antigo (adoro) e estas delicias de vó -
me lembrou meus filhos com minha mãe - ela é bem vó, e meus filhos adoram estar com ela, pedem coisas, ajudam ela a fazer biscoitos simplesmente é maravilhoso ter vó!
bj
lu

Provance Home Banho disse...

Oi amiga.....
Quanta saudades de minha vó, mulher culta , educada uma européia de verdade ( ela era russa)Obrigada por seus comentários , muito gentil da sua parte ( como sempre é claro)...Seu Tony deve ter sido uma pessoa divina , maravilhoso como vc diz, quero lhe dizer que vc é uma mulher de sorte , pq teve alguém especial perto de ti...
Bjssssssssssssssss no coração.

Carla disse...

Adoro as receitas maizena estou a procura das receitas das embalagens da maizena você tem outras antigas coloca as receitas pra gente.Obrigada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...