terça-feira, julho 26, 2011

DIA DOS AVÓS


Dos meus grandes amores, minha avó materna Ermelinda era e é aquela pessoa que me dá muito prazer em falar.
Silenciosa, introspectiva, mas o que mais ela sabia fazer era se doar.
Tenho muitas saudades, enormes saudades dela e dos seus bolinhos de arroz. Eram excepcionais. Parecidos como esses aí da foto, que fiz hoje. (30/04/2010)





O único tempero que havia na fazenda era salsa e cebolinha verde. E os dela tinham o aroma da cebolinha colhida na hora. Tento fazê-los iguais, mas não chego no mesmo gosto deles. Os dela eram compridos e roliços. Os meus de hoje ficaram, no visual, muito parecidos. Só não ficaram no gosto porque pus Fondor e um tablete de caldo de galinha. Percebam porque a comida autêntica, saborosa, feita com carinho fica entranhada na memória gustativa e você nunca mais esquece?
Não havia nada artificial. Tudo era puro, até a pessoa que os fazia. A cor deles depois de fritos era diferente, com um dourado mais encorpado, talvez porque eram fritos com gordura pura de porco.Vovó passava o arroz numa máquina de moer carne e a cebolinha verde ia junto. Como eles eram gostosos! Eu não lhe falava, mas ela me fazia completamente feliz. Falarei mais dela ocasionalmente.

Para fazer os bolinhos de arroz compridinhos, basta por no liquidificador, um pouco de leite mais ou menos 2 xícaras, um ovo, uma pitada de sal e bata para misturá-los. Depois coloque sobras de arroz. Não coloque tudo de vez, senão o liquidificador pára. Vá aos poucos, com carinho. Quando o liquidificador quase já não vira mais a massa, tire-a colocando-a numa tigela.
Acrescente agora a farinha, aos poucos e uma colherzinha de chá de fermento em pó , até que você consiga enrolá-los com facilidade. Frite-os até que fiquem douradinhos.
Para comê-los, molhinho de pimenta vermelha, caseiro. Os meus filhos e neta, lotam de catchup (a praga dos salgadinhos) e mostarda. Ah! vó Ermelinda! Quantas saudades!



Esse foi o meu segundo post, publicado em 30/04/2010 desde a criação desse blog.
Hoje eu o estou reeditando por ser  o "Dia dos Avós." Sinto muito  orgulho  da minha avó.
A Igreja faz memória hoje de Santa Ana e São Joaquim, avós de Jesus.



Parabéns para todas as vovós, sejam elas blogueiras ou não!






















16 comentários:

Raïssa Rezende disse...

Feliz dia dos Avós, mãe! bjs

LILIANE disse...

Oi lindinha....
abraço grande pra você.

que deliciosa homenagem pra sua avó
minha mãe tem uma maquininha de moer carne, sabia
como usei a tal maquina,rs

os bolinhos parecem muito apetitosos.
vou tentar fazer, os meus as vezes encharcam,rs

bjs

Diana disse...

que bela homenagem.
bjos

margoh werneck disse...

Nossos aromas afetivos muitas vezes perfumam
aqueeeles dias gris....e sei que voce faz o seu
melhor para que toda essa pureza flua dentro e fora de voce.
Parabens linda vovó.

Te adoro.

Beijao

Élys disse...

Uma bonita homenagem
Parabéns a você, também por esse dia.

Nana... disse...

Meus avós me fizeram o que sou hoje,perdi meus pais muito cedo minha mão quando tinha 5 anos e meu pai um ano depois quando havia feito 6...meus avós maternos viraram meus pais,hj vivo com minha vó de 93 anos fico em casa somente pra cuidar dela minha fonte de sabedoria e meu porto seguro


parabéns a todas as avós!


@NanaP_inho
http://meninacajuina.blogspot.com/
Tenha uma otima semana MoondbjOs...

Beth/Lilás disse...

Que lindas e ternas lembranças de sua avó!
Essa da memória gustativa é sensacional, pois é mesmo assim que ficam na gente, com sabor ainda na ponta da língua.
E pra você, meus cumprimentos pelo dia dos avós.
beijos cariocas

Rose disse...

Ai Maria Luiza, que post mais gostoso!!!!!!
Tanto carinho misturado com sabores...Adorei!
Já o sabor de salsinha e cebolinha colhidos na hora não tem comparações.
Nunca vi bolinhos neste formato, achei-os lindinhos...rssrs.
É bom lembrar o passado...Inspira-nos.
Bjs, querida.

Calu disse...

Tenho tbém muitas saudades de avó materna;anjo bom de minha vida.
Estamos pois, parabenizadas, Maria Luiza,pelas maravilhosas avós que tivemos e que agora, somos!
Parabéns a todas os avós!
Bjinhos,
Calu

✿ chica disse...

Adorei esse post.Obrigado pelo carinho às vovós...beijos,parabéns!chica

Misturação - Ana Karla disse...

A homenagem é linda para as vovós.
E Dona Ermelinda merece essa.
Xeros

Maria Luiza disse...

Olá Maria Luiza,
Adilson de Souza comentou seu link.
Adilson escreveu: "oi prima, dos bolinhos da vovó eu não tive oportunidade de experimentar, mas a tal máquina de moer a mãe tem uma que usa até hoje também para fazer bolinho de arroz, não roliços igual aos da foto, mas uma delícia!!! bjs."

Adilson, neto da vovó Ermelinda

disse...

Hoje deveria ser para mim um dia grandioso, mas ainda não cheguei ao tempo do Senhor, mas chegarei.
Feliz dia dos avós pra ti também minha querida e sempre amiga, que Deus a abençoe sempre para que você continue sua preciosa missão de mãe e avó.Ser avó é bom demais, uma pena não me deixarem curtir meu encantador netinho, uma página que está ficando em branco, que jamais conseguirei escrever nela, nem eu e nem ele.
Mas sigo os caminhos que o Senhor tem para mim e jamais largarei de suas mãos.
Beijos muitos beijos pra ti!
Parabéns, seu texto lindo, perfeito e cheio de emoção, lembranças e alegrias vividas.

Valéria disse...

Oi Maria Luiza!
Que delícia de homenagem para as avós.
Com cheirinho de memória gustativa, olfativa que não nos trai, são speciais.
Feliz dia das avós que somos hoje e não conseguimos ser como as de outrora, as nossas.rsss

Beijão!

Orvalho do Céu disse...

Olá, minha flor
Minha vovó materna era uma santa e a paterna morreu aos 7 aninhos meus... não me recordo de nada... mas era igualmente santa pelo que sei... meu papai saiu a ela...
Feliz dia pra nós!!!
Bjs festivos

Angélica disse...

Linda homenagem!Bjs!