domingo, julho 03, 2011

O LINHO E A LINHA

O linho

Nesse instante gostaria de ser exímia fotógrafa para exibir, como nos blogues alemães e suecos a mesma paixão que eles têm, assim como eu tenho por linho, perfumes, jóias crochês e postam em seus blogues aquelas maravilhas, com arte.  Eu só tento imitar porque "o bonito me chama e eu vou...."  Usei muito linho e cambraias pelas mãos prestimosas de minha mãe, que fazia todas as minhas roupas. Ainda guardo algumas. Homenageio neste blogue Marilsa de refinado gosto e  sabe postar no seu blog esse tipo de maravilha. 

A propósito o camafeu é italiano e ganhei de meu cunhado. Gosto muito desse camafeu.



Essa blusa é feita com cambraia de linho e na época quando minha mãe a fez eu saía com ela, tanto sucesso fez que minha mãe teve que fazer muitas delas para as amigas. 




Agora a versão cavadinha, anos depois foi diminuida para a filha, que tanto quis, mas não usou.

A linha

Gosto muito das blusas em linha , agora já não as uso. Estão guardadas com meus lenços de seda italianos que Tony me deu de presente em 1969.


O anel é "asas de anjo" da Raïssa, que me empresta e eu o curto muito.

As branquinhas me perdoem, mas já tem branco demais aqui.


Nota
Existe um blog chamado O linho e a linha - ( Lilian e Paulo) e espero que de forma alguma eles pensem que eu me apropriei do nome indevidamente, tanto que eu os sigo e afirmo da beleza desse referido blogue. Esse nome aqui, neste momento é so o tema de um post falando de roupas. O linho, me refiro às roupas de linho que eu usava e linha, também.

13 comentários:

Lucinha disse...

Maria Luiza,

Linho é um tecido muito lindo. Não cheguei a usar, mas lembro-me que minha avó usava. Aliás, ela era uma mulher muito vaidosa. Meu avô a tratava como princesa, e quando ia na cidade, trazia sempre um embrulhinho com um corte de tecido novo pra ela. Morreu com mais de 100 anos, com a mesma vaidade.

Simplesmente divinas essas imagens. Amei todas, mas por serem menos comuns nos dias de hoje, eu escolho a primeira e a segunda imagem.
A blusa de cambraia é bela demais. Os acessórios que você usou, deram um brilho a todas.
E não pense que suas fotos não estão tão bonitas como dos blogs alemães, pois elas estão melhores. Elas são reais e são suas.

Tenha um lindo e abençoado Domingo.

Beijos

REINALDO FONSECA - PASCOM disse...

Olá Maria Luiza! Gostei desta postagem sua.
Grande abraço na Paz e no Amor de Cristo,

Reinaldo

✿ chica disse...

Eu usei pouco linho.Mas gostava, só me irritava o modo de amassar dele ...Depois de casada nunca mais usei pois era eu que deveria passar,srsr...

Sou muito prática.

Tu soubeste apresentar muito bem as peças e que linda blusa feita pela tua mãe!

Um lindo domingo, beijo,tudo de bom,chica

Renata disse...

Minha amiga,

Tudo de muito bom gosto e refinamento, meus cumprimentos, como eu gosto das peças de linho tbm, uma pena que é difícil de manter...hoje em dia as pessoas não conseguem mais passar roupa como se fazia antes não é?

Te deixo um abraço, e te agradeço pelo carinho que você me deixou!

SOL da Esteva disse...

Maria Luiza

Magníficas Peças de Arte e Costura.
Já não se vê muito porque a produção em série não se compadece com tamanha formosura e pormenor.

SOL da Esteva
http://acordarsonhando.blogspot.com/

disse...

Usei muito linho na minha infância e juventude, hoje não não mais. Mas adoro esse tecido para bordar e pintar. ele tem sempre em quê de requinte e glamour.
Suas peças são preciosidades amiga.
Também te amo muito minha querida e sempre amiga e adoro seus blogs.
Beijos meus!

Miguel disse...


Boa tarde!
Amai, pois, a vossos inimigos, e fazei bem, e emprestai, sem nada esperardes, e será grande o vosso galardão, e sereis filhos do Altíssimo; porque ele é benigno até para com os ingratos e maus.
Sede, pois, misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso.
Não julgueis, e não sereis julgados; não condeneis, e não sereis condenados; soltai, e soltar-vos-ão. (Lucas 11:35-37)

Que sua semana seja abençoada e de muita paz!

Deus seja contigo.

Blog Yehi Or!
www.hajalluz.blogspost.com

Ailime disse...

Maria Luiza,
Já algum tempo que não visitava esta sua fantástica casa e hoje, Domingo, vim visitá-la e fiquei deslumbrada com toda esta página onde estão expostas coisas maravilhosas.
Gostei dos caixotinhos, do quarto de sua neta, das túlipas, de tudo.
Muito obrigada por partilhar.
Beijinhos.
Tenha uma semana abençoada.
Ailime
(A proposito dos caixotinhos estou a começar a esboçar algumas das vossas ideias. Um dia mostro.)

Regina F.Murbach disse...

Boa tarde amiga. Linho e linha, eu usei tantas blusinhas de linhas, feitas pela mão de minha mãe. Ela era impecável ao fazer tricô e crochê,nos vestia sempre com alguma aplicação de crochê, enfeitando nossos vestidos. Suas roupas eram feitas por ela sempre de linho, dizia que era o melhor tecido,e elegante para ir a qualquer lugar. Uma pessoa vista de linho mostra elegância e sempre impecável.Não sou vaidosa como ela, mas sempre gostei e gosto de linho e linha. Paz e Luz . bjbjbj.

Calu disse...

Esses verdadeiros relicários duma época são incomparáveis com as roupas feitas em máquinas.A delicadeza e o carinho que somente mãos de fada, como as de tua mãe, são capazes de criar, produzem obras de arte que deveriam ser expostas.Porque não?
Arte é tudo de belo, criativo e significativo produzido por mãos humanas.
Tive duas dessas lindezas em cambraia, feitas por minha madrinha que era exímia bordadeira e, algumas blusas de linha que até hoje ainda visto(devidamente adornadas como vc as mostrou).Temos gostos bem parecidos,Maria Luiza.
Um doce domingo p/ti,
Bjos mil,
Calu

casa de fifia disse...

oi maria luiza
eu adoro linha.tenho calças e blusas,
todos brancos, que uso agora no verão.. é uma delicia, fresquinhos.
eu também tenho um camafeu assim como o seu,
eles são típicos da região Nápoles.

baci

baci

Vem da Terra disse...

Que bom que nos mostrou essas belíssimas fotos, que peças lindas, quanto bom gosto. E sua mãe tinha mãos de fada, quanto capricho e amor prá fazer essas roupas.
Obrigada pela linda homenagem. Amei!
Beijo!
Marilsa

Long Haired Lady disse...

meu pai tinha terno de linho branco, e um chapeu charmosissimo!