quinta-feira, agosto 04, 2011

RECEITA DE VIDA

Receita de vida


Na busca de motivos para algo que deu errado,

nós somos campeões em apontar culpados.

Pena que não paramos para refletir sobre os fatos.

Na maioria das vezes,

temos medo de chegar até o verdadeiro culpado,

pois quase sempre, o único culpado,

somos nós mesmos.



mas quase sempre, na hora da colheita,

queremos "terceirizar o serviço",

arrumar uma "besta de carga" que carregue os fardos,

que deveriam ir no nosso lombo.


Se a colheita for de bons frutos,

fazemos questão de levar os mais doces,

se vier com elogios, ainda que falsos,

amamos e sorrimos...

Mas, venham com críticas para ver!!!

Viramos bicho, ou nos escondemos,

ficamos de mal, juramos até vingança...




Crianças, eternas crianças,

que a dor precisa polir e remendar várias vezes,

para que a lição seja aprendida de fato.

Não quer mais sofrer ..!??

Então, acostume-se a levar todos os frutos da sua vida,

os bons e os maus,

os perfumados e os fedidos,

todos no mesmo balaio até a porta da sua casa.



Lá chegando,

separe o que presta e o que não presta, examine-se..!!

Veja o que fez de errado, onde faltou adubo,

atenção, dedicação, carinho, amor...

Jogue então na lixeira do tempo o que não serve,

entre na sua casa sem este peso,

apenas com a experiência de quem aprendeu.

Assim, toda a dor, todos os espinhos,

serão suportáveis, passaram mais rápido,

e os momentos felizes, serão cada vez mais frequentes.


Esta é uma receita de vida,

seu resultado poderá variar de pessoa a pessoa,

mas o resultado, quase sempre será um belo bolo.

Eu acredito em você

(Paulo Roberto Gaefke, imagens da Net)



Que o discernimento possa ser a chave mestra de nossas atitudes.
Maria Luiza



Nós somos responsáveis pelo que plantamos,

26 comentários:

✿ chica disse...

Maravilhoso e reflexivo esse texto do paulo.Linda escolha e as imagens lindas também! beijos,ótimo dia,chica

Maria Luiza disse...

Maria Luiza
Lindo o seu texto e suas imagens!
Na reflexão, concluímos que somos donos e responsáveis dos nossos atos. Assumir os nossos fracassos é difícil, mas nos faz amadurecer e tirar bons proveitos.
Beijos e um bom dia

Raïssa Rezende disse...

Que lindo..... e bem verdadeiro! O meu cesto de frutos andava meio bichado... aos poucos vou conseguir eliminá-los de vez .... Bjosss

Nana... disse...

Com certeza somos mestres em dividir a culpa qdo ela é toda nossa!
Amei o texto !

http://meninacajuina.blogspot.com/

Rose disse...

Nossa, demais!!!!!
É isso mesmo.
Existem peneiras para separar o que não queremos, não é?
Bjs.

Rose disse...

Ah, andei por aqui e ri demais da conta em um post seu.
As ovelhinhas lindas que enfeitam sua escrivaninha no natal
Sua casa já parece loja???? Ri.Aqui em casa está caminhando para um shopping...srsrsrsr

Élys disse...

Um belo texto e como diz você: Temos que ter o discernimento como a chave mestra das nossas atitudes.
beijos.

margoh werneck disse...

aaaaaaah vim dividir afetos.

saudades

beijao

Valéria disse...

Oi Maria Luiza!
Texto incrível este!
Devemos mesmo colher todos os frutos que plantamos, sejam bons ou ruins.

Beijos!

disse...

Lindo texto amiga e concordo com Nana. Preciso rever meu cesto e e saber separar melhor meus frutos.
Lindo mesmo!
Beijos meus!

Evanir disse...

Seu texto foi uma excelente escolha .
Devemos separar tudo que nos faz mal nessa vida
muitas vezes colocamos frutas na fruteira sem tomar o cuidado de olhar que uma esta estragada
no dia seguinte já encontramos outro podres também.
Estou precisando separar melhor os frutos.
Um beijo amada e querida amiga.

Sonia Guzzi disse...

Discernimento evita muita terapia. Ahhh e gastrite também.
Texto muito coerente.
Bjs, em divina amizade.
Sonia Guzzi

Veronica Kraemer disse...

Malu querida, mais um lindo post, mais uma emoção aqui.
Você é maravilhosa!!!
Obrigada sempre por nos presentear com tanto amor e afeto!
Beijossssssssssss
Vero

Eva disse...

Amém, minha querida, valioso texto e as imagens são muito sensiveis as palavras, ficou lindo o post minha amiga querida, obrigada por esse presente, fico super bem com ele, bjos e uma boa noite.

Rose disse...

Malu, rio demais dos seus comentários.
Viu como escrevi Hobby?Levei um susto e já consertei o erro.
Aqui, tudo que é italiano me fascina:O idiona, as comidas, as bebidas, as cidades e...os homens.
Realmente um luxo é ver e ouvir um italiano...ai, ai, ai!
Bjs, minha querida.

Almas Castelos disse...

Taí uma fruta que eu gosto muito: cerejas.
Parabens pelas ótimas postagens

Lucinha disse...

Maria Luiza,

o discernimento é a chave de tudo. Se vivermos em acusar os outros pelos nossos erros, nunca sairemos do lugar. Precisamos assumir os nossos atos, e a partir daí, tentarmos ser pessoas melhores.

Menina, como você arruma essas fotos lindas de cerejas, e ainda mais com passarinho e esquilinho. Que coisas mais fofas de se ver.
Os coraçõeszinhos da última imagem também são muito lindos. Beijos

Virginia Jesus Fassarella disse...

Maria Luisa, seus posts sempre lindos. Amei.
Você me perguntou como estou. Para falar a verdade, nada bem, tem momentos que parece que não vou resistir. Mamãe era o meu grande amor. Só Deus para me dar alento. Obrigada, beijos.

Fa menor disse...

Uma bela receita, Maria Luiza. :)

Bjo

Margarete disse...

Oi Maria Luiza, lindas palavras.
bjs.

Cris de Sales Lobato disse...

Olá querida amiga! Nada é por acaso, não é? Venho encontrar precisamente palavras sobre o que tenho refletido nestes ultimos dias. Em geral, aquilo que nos irrita nos outros é reflexo das nossas proprias imperfeições, daquilo que temos que melhorar em nós...Ultimamente tenho ficado profundamente irritada com a "incompetencia" das pessoas que nos prestam serviços, uma irritação que me tira do sério, me transtorna...e aí, passo a pensar... Será que eu também estarei sendo incompetente em algum aspecto? Por que será esta exigencia tão grande com a perfeição alheia??? E a intolerancia com os erros dos outros...vale a pena? De certeza tem ai muito para pensar... Beijinhos e obrigada pela dicas em forma de lindas palavras! Bom findi!

Tetê disse...

Maria Luiza... Que beleza de reflexão! Temos que ficar vigilantes das nossas atitudes! Obrigada pela visita ao Livre Pensamento! Fico feliz de encontrá-la em meu cantinho! Bom final de semana! Bjks Tetê

Felipa disse...

Estas cerejas estão mesmo no ponto, tão bonitinhas e apetitosas!
Lindo texto, uma bela receita para seguir.
Bj

KINHA disse...

Olá Maria Luiza

Eu sou Kinha do blog AMIGA DA MODA e vim conhecer seu espaço que é lindo e interessante e por isto já estou te seguindo. Vou aguardar a sua visita e ficarei feliz se me seguir também.
QUER GANHAR UMA JOIA? A designer Eliana Colognese criou um belíssimo anel e gostaríamos muito de contar com a sua participação. Faça a sua inscrição no blog e...Boa Sorte

Bjooooooooooo...................
http://amigadamoda.blogspot.com

Leninha disse...

Querida Maria Luiza,bela reflexão para um sábado à tarde, nos conduzindo a uma análise de nossas atitudes e nos remetendo às críticas que fazemos às atitudes alheias.Repensar,rever estas atitudes se faz necessário...é uma tarefa árdua,mas com boa vontade poderemos conseguir levá-la a cabo.

Bjssssssss,Leninha.

Renata disse...

As frutas boas que teimam em se misturar com aquelas que já apodrecera...há que separá-las, criar coragem, jogá-las fora...cesto da vida é complicado não é minha amiga?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...