terça-feira, fevereiro 09, 2016

Lar é lar!

(Pinterest)

Olhando essa imagem, 
com tanto frio abraçando esse lar 
e vendo aquele calorzinho lá dentro, veio-me forte: 
Como é doce nosso lar! Como é aconchegante!
Em qualquer lugar, em qualquer parte do mundo.
Compreendi profundadmente "Home Sweet Home"
Impregnado com nosso cheiro, nossas lembranças,
 nossas coisinhas, nosso travesseiro delicioso 
onde lugar nenhum oferece igual.
 Todo nosso lar transborda de nós, 
de nossa verdadeira essência, 
nosso avesso e nele vivemos despidos simplesmente! 
Lar é lar! Como é bom nele viver!
Tão sagrado que deveríamos
 tirar nossos calçados para nele adentrar

(Pinterest)
Com nossos bichos ou não, com flores ou não,
é nele que está nossa vida.
"Home Sweet Home"
Lar: uma dimensão imensurável!
Abraços! 

25 comentários:

✿ chica disse...

Grande verdade aqui, Maria Luiza! Nossa casinha, simples ou não, é o nosso abrigo, nosso conforto...

Li por lá que já melhoraste! Que bom! Te cuida então, não exagera,rs bjs, tudo de bom,chica

emanuel moura disse...

Nada como o aconchego do nosso lar ,retornar a casa de um dia de trabalho ou depois de uns dias de ausência e sentir o calor do nosso lar é simplesmente gratificante ,muitos beijinhos feliz terça feira

Patricia Merella disse...

Verdade querida Maria Luísa! Eu costumo dizer que meu lar é um templo sagrado.É nele que busco todos os dias ser um ser melhor; beijinhos

lenalima disse...

ASSIM QUE ME SINTO QDO ENTRO EM MINHA CASINHA ACOCHEGANTE, DEPOIS DE CHEGAR DE VIAGENS E ATÉ LÁ DO MATO. ONDE SEMPRE TEM MUITA GENTE E EU FICO MUITO NO JARDIM, VIM ANTES DESSA VEZ POIS A CHUVA ESTAVA DEMAIS E O CALOR COMEÇOU A ME FAZER PERDER OS SENTIDOS , PRESSÃO MTO BAIXA!
AMANHÃ CEDO O ÚLTIMO EXAME E DEPOIS SÓ DIETA LIQUIDA ATÉ SEGUNDA ....ORE POR MIM POIS CREIO QUE DESSA VEZ SERÁ MAIS FÁCIL, MENOS SOFRIDO! BJSSS MINHA LINDA!

Maria Emilia Resendes disse...

Oi Maria Luiza,
e que belo lar podemos transformar onde está nosso coração em lar...
Bjkas

MIla

Élys disse...

Lindas as suas palavras.Nosso lar é o nosso porto seguro.
Beijos.

Mariangela do Lago Vieira disse...

Nossa como é bom o nosso lar Maria Luiza!
Nada como chegar em nosso aconchego!
Beijos, até amanhã!
Mariangela

Nadja disse...


Verdade, Maria Luiza!
Você disse tudo. Concordo plenamente com relação ao que disse a respeito do nosso lar.
Costumo dizer que meu lar é o meu templo. Nele entra quem eu quero e gosto.
Porque é um lugar sagrado, penso eu.

Bjksss

Betty Gaeta disse...

Oi maria Luiza,
Sempre digo que sofro de banzo, pois adoro viajar, mas não consigo ficar longe de minha casa por mais de 15 dias e já estou querendo voltar.
Bjs

Misturação - Ana Karla disse...

Adoro meu Lar, Doce Lar.
Xeros

Anete disse...

Nada como o aconchego da nossa casa!
Bonito post!!
Como é bom ser com alegria debaixo do nosso teto...
Uma boa tarde. Beijos

Celina Pereira disse...

Sim, Maria Luíza.
É um privilégio ter um lugar a que chamamos de nossa casa.
Boa semana!

Zizi Santos disse...

Então é por isso que seu blog tem o nome de casa de alquimia!
onde ocorre as transformações de carinho e das coisas bonitas e gostosas
que toda casinha deve ter! Lá fora, frio, e dentro o calor do amor, da amizade...
Entendi tudinho

bjs
estás doentinha?
melhoras!

Calu B. disse...

Que lindeza de constatação, Maria Luiza. Tuas palavras ecoam no coração e nos refletem em cada definição; Lar é tudo isso que vc tão bem definiu.

Nada se compara ao nosso Lar.

Bjos,
Calu

Giga disse...

Em todos os lugares é bom, mas o melhor em sua própria casa. Cumprimentos.

Simone Felic disse...

Oi Maria luiza
É verdade, nosso lar é muito especial e é
uma calor que não dá para se medir, só sentir.
beijinhos

http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

CÉU disse...

É totalmente verdade o k você diz na postagem e na vida, também.
Nosso Lar é nosso mundo e até poderíamos viver em um castelo com tudo do bom e do melhor, ter serviçais para tudo, k NOSSO LAR é a melhor "coisa", lugarzinho k existe.

Os Árabes tiram os pés dos sapatos e os deixam à porta ou à entrada da casa, ao entrarem, mas isso, e eu já perguntei a uns quantos, é para não sujarem o chão do lar, doce lar.

As imagens de seu post são uma delícia. Não sei qual escolher, ai, mas o gato me leva o olhar.

Beijos, querida Maria Luiza e tudo de bom, em seu lar.

Lourisvaldo Santana disse...

Mas que lar mais aconchante! Até me imaginei chegando da rua, a me congelar por inteiro, e correr para junto da fogueira e sentir o doce sabor de um lar!

Grande abraço, Maria!

Gato cinzento disse...

Minha casa, meu mundo...

Ailime disse...

Boa noite Maria Luiza, lar doce lar, bem verdade.
Simples ou seja como for é nele que nos sentimos bem e queremos regressar quando nos deslocamos para outro lado. Eu sinto assim. Ficou super lindo o seu post.
Desejo-lhe um optimo fim de semana.
Beijinhos,
Ailime

Amara Mourige disse...


Maria Luiza, que texto maravilhoso e verdadeiro!
Nosso lar, nosso cantinho seguro, nosso bem estar!
Não existe um lugar melhor!
Beijos
Amara

CÉU disse...

Eu devo ter dito algo de errado no meu comentário acima, mas já li e reli e não encontro nada de ruim ou ofensivo.
Como não veio me visitar, eu achei que talvez eu pudesse ter dito/escrito algo incorreto. Evidente que não obrigatoriedade de resposta, mas a outra pessoa fica na dúvida.

Olá, Maria Luiza!

Como vai? Aqui, tudo normal.

Lhe desejo um lindo fim de semana.

Beijos.

Toninho disse...

Uma bela definição do Lar doce lar amiga.
Quando criança andando pelas roças de minha vó, conheci casebres com seus telhados de capim e as pessoas sorriam e eram amáveis e felizes. De lá trago este amor pelas coisas simples.
A felicidade está bem dentro de nós e do lar que formamos o casebre é só uma cobertura do amor que ali mora e derrama.
Linda postagem para um olhar sensível.
Abraços.
Bjs de paz.

Arlete Mourige disse...

Só olhando senti o aconchego,e lendo mais ainda.Que lindo!Bjs

As Mulheres 4estacoes disse...

Boa noite, Maria Luíza!
Nosso lar é o local onde abrigamos as pessoas queridas, fazer dele um local de amor e harmonia, depende das nossas atitudes diárias. Gostei muito.
Um abraço, Sônia.