sexta-feira, agosto 25, 2017

Botando a Cabeça Pra Funcionar nº 22



Olha que coisa mais linda
Mais cheia de graça
É ela, a  menina brincando
 Na areia branquinha do mar
Ah, se ela soubesse
Que quando ela passa
O mundo sorrindo
Se enche de graça
E fica mais lindo
Por causa do amor
Marina, Marina que brinca feliz
Na areia branquinha
Do mar, tão feliz
Segura de si
Sabendo tão amada!
Minha linda, aqui pra você:


Que beleza essa brincadeira da CHICA,
 juntamente com seu neto.
Vamos participar? Basta clicar na palavra Chica!






8 comentários:

✿ chica disse...

Li pra ela que riu com sua carinha sapeca e marotinha!
LINDA e carinhosa inspiração! Muito legal!
Essa só fala na "paia" e vamos novamente levá-la, se Deus quiser...Ela fala sempre. Acho que puxou á vovó,rs...

OBRIGADÃO! bjs, levei o link! chica

Ailime disse...

Bom dia Maria Luiza,
Simplesmente fabulosa a sua poesia sobre Marininha!
Ela é uma menininha muito querida e nos inspira fortemente.
Os meus Parabéns por tão belo momento poético.
Beijinhos e bom fim de semana.
Ailime

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Bela participação Maria Luisa e eu amo essa música.rs
Bjs-Carmen Lúcia.

Zizi Santos disse...

Muito linda sua inspiração !
Marininha na praia, com um gingado gaucho
cheio de bossa !
gostei muito !

beijinhos bom fim de semana

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida amiga Luíza!
Isspiorou-se na bela música clássica de puro encantamento... perfeito!
Seja feliz e abençoada!
Bjm carinhoso e fraterno

Anete disse...

Inspiração criativa e muitíssimo carinhosa! Amei!...
Marina é uma menininha muito cativante...
Abraço grande

Toninho disse...

Que lindo Luíza esta ancoragem em duas belas musicas para sua participação maravilhosa da imagem.Ficou uma ternura imensa.
Gostei.
Um bom e feliz domingo para voce e que a semana seja maravilhosa.
Carinhoso abraço.
Bju de paz.

Valéria disse...

Muito fofa, sua participação, amiga...também... com uma princesa, de inspiração...
Hoje venho de casa nova... fiz esse outro blog, que tem mais a ver com o momento de vida que estou vivendo...quero levezas e assim, também revejo os amigos...uma hora que tiver um tempinho, ficarei feliz se for me visitar... beijos...
Valéria