segunda-feira, junho 25, 2018

Botando a cabeça pra Funcionar nº 16


Peçonhenta, o que fazes por aqui?
Não tens nada o que fazer
Vai-te embora para longe no lugar 
que tu nascestes pela bondade divina.
Basta de me meter medo desde os filmes de pequena
que eu via e depois com minha mãe voltava a pé,
na escuridão, três quilômetros, estremecida de medo
Dos almanaques, livros e revistas  que eu via
já eras a mais temida, mas proteção eu sentia
estava nos braços da casa e do dia ensolarado .
Te tolero só em filmes e figuras,
pois então fiques por lá
 e não saia para me amedrontar.


AQUI você brinca e participa!

Nada convencional, a imagem transportou-me aos filmes que assiduamente assistia nos meus 7 anos em diante. 
O triste era a volta  para casa, mas não perdíamos um sequer!
Abraço a todos!



8 comentários:

chica disse...

Realmente uma assustadora imagem dessa criatura...Serve pra alertar dos perigos... Não suporto nem ver, mas essa foi uma foto do Gordo nas suas andanças... Horripilante e boas as tuas recordações daqueles tempinhos...Passaram rápido! Obrigadão! beijos, tuuuuuudo de bom,chica e uma semana sem víboras por perto,sejam como forem,rs

Roselia Bezerra disse...

Bom dia, querida amiga Luíza!
Você tem fé e vai vencendo toda batalha quer física quer espiritual.
Deus abençoe sua caminhada com todo tipo de venenos e cobras espalhados em nosso viver!
Seja ricamente abençoada, amiga irmã!
Seja também feliz à medida do seu possível, que Deus lhe cuide!
Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

Ailime disse...

Boa tarde Maria Luiza,
Tenho os mesmos sentimentos em relação a estes bichos tão peçonhentos.
Que andem bem longe de todos nós!
Um beijinho,
Ailime

Toninho disse...

Uma boa tarde querida Luíza!
Assim como voce tenho pavor de cobras e quando adolescente nas várias pescarias da minha região, quando via uma cobra, a pescaria terminava para mim, pois todo galho que esbarrava em mim era um pulo que dava,kkk
Perfeita e humorada sua lembrança nesta participação.
Que estejamos sempre protegidos das peçonhentas sejas as rastejantes ou as de dois pés.

Uma semana abençoada e feliz para você.
Meu carinhoso abraço de paz e luz.

pensandoemfamilia disse...

Um retorno no tempo traz sua participação poética. Gostei, pois também tem humor. rs,rs, bjs

piteis da dinha disse...

Oi Maria, bt!
Mesmo com uma peçonhenta não deixou de ser uma bela lembrança né amiga?
Que mete medo, isso mete mesmo, mas por outro lado, ela conseguiu sair bem bonitinha na foto kkk
Parabéns amiga!
Desejo uma semana abençoada p/vcs. Bjsssss

Os olhares da Gracinha! disse...

Perante a imagem algo perturbadora ... a poetisa reage com uma inspiração bem curiosa!bj

Edite disse...

Olá , Realmente muito assustadora a imagem e a primeira lembrança que me veio à cabeça foram os filmes aterrorizante que tb já assisti com esses animais amedrontadores . Gostei de sua participação , bem atual e inteligente . Veja lá minha participação , um pouco tardia , mas sempre valendo , Abraços .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...